Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Nada

16.12.12

Quando se vai ao Chiado encontra-se sempre alguém. Eu encontrei. Um grande amigo num abraço, uma conversa solta com uma colega de outros tempos. Nestes encontros imprevísiveis, nem sempre tenho a melhor das conversas.  Às vezes dou respostas tão impulsivas que pareço um pouco louca. E claro que à pergunta: O que estás a fazer agora? Assim na imediatez, disse: "Nada". Um nada seco. Quando na verdade nem eu sei o que estou a fazer. Bem, não estou a fazer nada. Mas não me sinto a fazer nada. Tenho um sorriso sincero estampado no rosto. Tranquilo. Mas estou desempregada. Não estou a fazer nada. É difícil encontrar palavras. Simples palavras quando é tudo tão complexo. Tenho alturas em que sinto que sou capaz de fazer tudo. Tenho outras em que não me apetece fazer mesmo nada. O nada é a palavra que resume assim à bruta o que sinto. Mas farto-me de trabalhar. Em casa, com as miúdas. Penso muitas vezes na minha Galyna. A empregada que cá andava há já sete anos e que também ficou desempregada, por arrasto do meu desemprego. Tão injusto. Era incontornável,  eu sei. Sinto saudades dela, pela amizade. Sinto saudades dela também por tudo o que fazia cá em casa e que eu não consigo fazer com a rapidez com que ela fazia. Que treta. Vou-lhe ligar esta semana. O  Natal está a chegar. Ela gosta de rosas e chocolate. Eu descobri umas rosas de chocolate na Arcádia para lhe oferecer.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 18:17


3 comentários

De RIN a 16.12.2012 às 22:42

O teu nada já é imenso ao lado de tantos nadas que por aí andam. Orgulha-te dele. Eu orgulho-me. Um beijinho cheio de tudo.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D